Gestão de Produtos 4.0: catálogo eletrónico de cabos da igus no BMEcat

igus®, Lda.
Tel.: +351 226 109 000 · Fax: +351 228 328 321
info@igus.pt · www.igus.pt
pt.linkedin.com/company/igus-portugal
www.facebook.com/IgusPortugal

Seleção, pesquisa, encomenda, fatura – a complexa gestão de encomendas de produtos na área de B2B requer, acima de tudo, processos simples e standard, desde o fabricante até ao cliente, e uniforme a nível global. Sob a denominação de BMEcat, a Associação Alemã de Logística e Gestão de Materiais (Bundesverband Materialwirtschaft und Einkauf – BME) desenvolveu um sistema standard para a transferência eletrónica de dados dos catálogos, que pode ser facilmente integrado noutros sistemas de gestão já existentes. A igus utiliza agora este formato de transferência de dados no seu catálogo de cabos chainflex para aplicações móveis.

O princípio pode ser assim facilmente explicado: em vez de se folhear catálogos impressos, selecionar produtos e anotar quantidades e números de artigo, o catálogo de produtos eletrónicos, segundo o formato BMEcat baseia-se num processo standard. Todos os componentes relevantes para a gestão de produtos são classificados segundo um sistema uniforme, incluindo endereços, palavras-chave, caraterísticas dos produtos, fotografias e preços. As vantagens do formato BMEcat tornam-se óbvias, assim que os dados principais são gravados. A informação necessária acerca do produto fica guardada num ficheiro, pode ser rapidamente visualizada, acedida e editada com apenas alguns cliques.

A igus utiliza o eCl@ss para a gestão eletrónica de produtos segundo a Norma ISO/IEC, sendo também suportados outros sistemas de classificação reconhecidos, como o ETIM ou o UNSPC. O BMEcat utiliza esta norma de dados mundial, uma vez que a transferência digital de informação de produtos é feita para diferentes ramos industriais, bem como diferentes países e idiomas. A partir de agora, a gama de produtos completa, com mais de 1400 cabos chainflex diferentes, pode ser gerida no catálogo digital de produtos – um procedimento que torna o processo de encomenda bastante mais fácil para os clientes. Desde que foram lançados no mercado os primeiros cabos chainflex, há quase 30 anos, a variedade de produtos foi aumentando significativamente, tornando agora necessária a implementação de processos standard na área de B2B. Apenas considerando os cabos confecionados de acionamento readycable, há mais de 4200 tipos com 24 standards de fabricantes de motores à disposição. Na igus, a Gestão de Produtos 4.0 traduz-se em processos inteligentes, sem custos de corte, sem quantidade mínima de encomenda, cabos vendidos ao metro ou confecionados e uma garantia de duração de vida de 36 meses para todos os cabos chainflex utilizados em aplicações móveis. Para tal, a igus disponibiliza ferramentas online gratuitas para configuração e cálculo de forma clara, fiável e digital.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta