M&M Engenharia Industrial: plataforma EPLAN 2.6 já disponível

Inglês, alemão, japonês e chinês: anteriormente, o software EPLAN “falava” apenas 17 idiomas. Com a nova versão 2.6, o turco foi adicionado aos idiomas do software até porque a EPLAN gere uma filial em Istambul desde 2014. A nova versão também apresenta diversas melhorias a nível técnico. Os acessórios usados podem agora ser facilmente representados durante o processamento e gestão de réguas de terminais. Além disso é possível identificar facilmente jumpers definidos de modo automático ou manual. Os utilizadores também têm a possibilidade de exibir o estado do terminal atual tal como representado no Navegador. Outra melhoria: uma nova vista orientada para as ligações mostra rapidamente as ligações do terminal que ainda se encontram livres e, por isso, disponíveis. Além de simplificarem a conceção, estas funcionalidades também aceleram significativamente os processos de engenharia de desenvolvimento. A utilização do Quick Input Filter para a gestão de projetos facilita ainda mais o processamento e a gestão de projetos e de dados de projetos. É possível definir subprojetos de forma livre podendo ser guardados segundo as preferências do utilizador, verificando-se ainda uma maior flexibilidade na atribuição de nomes. Por exemplo, os utilizadores apenas podem atualizar o projeto principal ao invés de guardar subprojetos para atualizar o projeto principal. Na gestão da estrutura de projetos é possível procurar determinadas estruturas e proceder à respetiva revisão ao longo dos projetos, o que simplifica consideravelmente a visão geral dos projetos. A definição de páginas de sequenciação para impressão ou criação de PDF também foi bastante melhorada e os utilizadores também beneficiam de resultados mais rápidos nesta área.

Para uma engenharia hidráulica e pneumática e para sistemas de arrefecimento e de lubrificação: várias aplicações exigem a utilização de tubos ou sistemas de mangueiras para transportar materiais como ar ou óleo. O EPLAN Fluid Professional, incluindo o componente adicional EPLAN Pro Panel, oferece agora a possibilidade de representar tubagens e sistemas de mangueiras hidráulicas diretamente em 3D com a funcionalidade de criação de esquemas completos. Assim, os engenheiros de desenvolvimento podem rever os esquemas ou, por exemplo, o comprimento dos sistemas de mangueiras. Também é fornecida uma função de exportação para transferir as geometrias dos tubos para um software de fabrico externo para a estruturação dos tubos. Muitas novas funções foram otimizadas para simplificar a integração da Plataforma EPLAN nos processos existentes dos clientes. O EPLAN Preplanning permite agora a importação de dados a partir de fontes externas. Uma função de pré-visualização permite verificar os dados recebidos antes de serem importados. As diferenças são fáceis de reconhecer e até objetos anteriormente eliminados podem agora ser facilmente encontrados e removidos do pré-planeamento e da engenharia de detalhe. Isto é mais um avanço na direção da consistência e continuidade de dados na engenharia de desenvolvimento, desde o pré-planeamento até à engenharia de detalhe.

A gestão de utilizadores também está mais simples: basta simplesmente importar utilizadores existentes para uma infraestrutura de TI em vez de ter de criar novos utilizadores. A gestão de direitos dos utilizadores do EPLAN foi ampliada com suporte para Active Directory. A utilização de bases de dados SQL também foi simplificada: está disponível uma lista de seleção de bases de dados SQL onde é possível selecionar a correta.

www.mm-engenharia.pt
www.eplan.pt