Primeira central solar em Moçambique

A primeira central de energia solar de Moçambique deverá começar a ser construída em maio para estar operacional no início de 2019, disse à Lusa fonte governamental. Vai ser a primeira central solar de grande escala do país e representa um passo importante na ambição de aumentar a percentagem de origens renováveis na produção de eletricidade”.
Os painéis solares vão ser estendidos numa área de 126 hectares em Mocuba, província da Zambézia, no centro do país, e resulta de uma parceria entre a empresa Scatec Solar (52,5%), o fundo estatal norueguês Norfund (22,5%) e a Eletricidade de Moçambique (EDM) (25%).
A EDM vai comprar a energia produzida, com capacidade para abastecer 175 mil agregados familiares, e distribuí-la pela rede elétrica nacional, tentando assim ajudar a colmatar a falta de resposta da rede elétrica na metade norte do país e ao mesmo tempo promover o desenvolvimento da região de Mocuba. Paralelamente esta obra irá promover a empregabilidade na região.
O Governo de Moçambique apresentou em setembro de 2017 a carteira de projetos de energias renováveis com a qual pretende garantir o acesso universal a eletricidade no país até 2030.