renováveis magazine

armazenamento de energia em Comunidades de Energia Renovável

Armazenamento de energia em Comunidades de Energia Renovável

O armazenamento de energia é uma das opções mais apropriadas para fazer a integração de fontes de energia intermitentes, como é o caso das energias renováveis.

Os sistemas de armazenamento de energia podem ser categorizados de acordo com a sua autonomia, como mostra a Tabela 1. A autonomia classifica o armazenamento para diferentes aplicações típicas, sendo todas importantes numa perspetiva de sistema, nomeadamente na flexibilidade e inércia disponíveis. Se, aos dias de hoje, vemos a curta e média duração como as mais procuradas pelos mercados, num cenário de transição energética para uma integração de cada vez mais renováveis com variações sazonais, mais do que diárias e intradiárias, advinha-se uma maior importância e foco nos sistemas de armazenamento com autonomia muito longa, de preferência com autonomia de várias horas ou mesmo dias.

Autonomia do sistema de armazenamento de energiaAplicações típicas
Muito curta
1 a 10 segundos
Qualidade da energia: fornecer energia às cargas críticas durante cavas de tensão ou interrupções de muito curta duração.
Curta
10 a 300 segundos
Qualidade da energia: fornecer energia às cargas críticas durante cavas de tensão e interrupções breves.
Permitir o arranque de sistemas de geração de emergência.
Média
5 a 60 minutos
Todos as aplicações anteriores, mais o fornecimento de energia para interrupções mais longas.
Longa duração
1 a 4 horas
Todas as aplicações anteriores, mais algumas aplicações de nivelamento do diagrama de carga.
Muito longa duração
4 horas a vários dias
Todas as aplicações anteriores, mais a aplicação em sistemas de produção com base em energias renováveis, permitindo o seu funcionamento em modo isolado ou compensando a intermitência.
Tabela 1 Aplicações típicas dos sistemas de armazenamento de energia de acordo com a sua autonomia.

Os aproveitamentos hidroelétricos reversíveis podem ser utilizados para tal fim devido aos valores elevados de potência e energia que permitem disponibilizar com uma resposta dinâmica relativamente rápida, mas não só existem limites para a sua implementação, como os sistemas de energia elétrica necessitam da implementação de maior diversidade de soluções tecnológicas, com menores investimentos, capacidades de armazenamento e impactos, que possam dar resposta ao rápido crescimento da instalação de fontes de energia descentralizadas.

por Cleanwatts

Para ler o artigo completo faça a subscrição da revista e obtenha gratuitamente o link de download da “renováveis magazine” nº54. Pode também solicitar apenas este artigo através do email: a.pereira@cie-comunicacao.pt

Translate »