Bosch Aveiro aposta na produção de bombas de calor

Bosch aposta em Aveiro para produção de bombas de calor

A instalação da nova linha de produção de bombas de calor (em Aveiro) vai ao encontro da estratégia de transição energética da Bosch e da aposta do Grupo na área da Termotecnologia.

A Bosch reforça o negócio da unidade de Termotecnologia em Aveiro com a instalação de uma nova linha de produção de bombas de calor, num investimento de 12 milhões de euros realizado em duas fases distintas, e a criação de cerca de 300 postos de trabalho. A instalação desta nova linha de produção de bombas de calor vai ao encontro da estratégia de transição energética da empresa e da aposta do Grupo na área da Termotecnologia.

Atualmente a Bosch Aveiro produz a unidade interior – designada de IDU – para as bombas de calor de ar e água numa única linha de produção. Com esta nova linha de produção passará também a produzir a unidade exterior da bomba de calor (a ODU). A previsão é que a produção arranque já no próximo ano, durante o 1.º semestre de 2023, para chegar às 150 mil unidades anuais, mas com a perspetiva de que esse número aumente a médio prazo para as 400 mil unidades.

O aumento significativo da procura deste produto e as previsões otimistas para o futuro, a curto e médio prazo, conduziram já à implementação de exigentes medidas na atual linha de produção em Aveiro, nomeadamente a duplicação da capacidade de produção através de investimento em equipamentos adicionais, de forma a responder à previsão de vendas de 37 mil unidades já para este ano, um crescimento de 131% em relação a 2021, e ainda na implementação de uma segunda linha de montagem para a produção da IDU da nova família de bombas de calor, com data de lançamento prevista para o último trimestre deste ano, cuja capacidade para produção é de aproximadamente 60 mil unidades por ano.

Para a Bosch a transição para formas de aquecimento alternativas começa com a bomba de calor, idealmente alimentada por eletricidade verde, e prova disso é o recente anúncio feito pela empresa relativo ao investimento de mais 300 milhões de euros no negócio de bombas de calor até meados da década. A tecnologia de bomba de calor é assente no ciclo termodinâmico de compressão de vapor através do uso de gases refrigerantes. Este ciclo permite que a bomba de calor crie mais energia térmica do que consome energia elétrica. Deste modo, a bomba de calor traz então uma vantagem adicional com maior eficiência comparando com os tradicionais aparelhos elétricos de aquecimento, contribuindo para reduzir significativamente a pegada ambiental e ao mesmo tempo manter o conforto das nossas casas.

Robert Bosch, S.A.
Tel.: +351 218 500 187
www.bosch.pt

Translate »