Europa pode duplicar incorporação de renováveis até 2030

Um estudo divulgado no passado dia 20 e fevereiro pela IRENA, a agência internacional de energias renováveis…

Um estudo divulgado no passado dia 20 e fevereiro pela IRENA, a agência internacional de energias renováveis, revela que a Europa conseguirá alcançar uma incorporação de renováveis no consumo de energia de 34% até ao ano 2030, que em 2015 se situava em 17%., mas para isso precisará de investir cerca de 59 mil milhões de euros por ano.

Todos os países europeus terão potencial para reforçar a penetração das fontes limpas na sua matriz energética. De acordo com a IRENA, em 2016 a Europa terá investido entre 50 e 56 mil milhões de dólares (40 a 45 mil milhões de euros) em energias renováveis. Embora os investimentos para aumentar a quota das renováveis sejam elevados, a agência internacional nota que os efeitos macroeconómicos seriam ainda mais significativos e um impacto positivo ao nível do emprego gerado. A IRENA indica que as renováveis empregam atualmente 1,2 milhões de pessoas na Europa.

Translate »