Green Business Week: inovação e transferência do conhecimento

Green Business Week: inovação e transferência do conhecimento

A Green Business Week é uma organização da Fundação AIP com o apoio do Ministério…

A Green Business Week é uma organização da Fundação AIP com o apoio do Ministério da Economia e do Ministério do Ambiente, cuja realização será de 1 a 3 de março de 2016, no Centro de Congressos de Lisboa (à Junqueira). O acesso ao evento é gratuito mas sujeito a pré-credenciação em www.greenbusinessweek.fil.pt. Este evento tem como principais pilares a SmartCitieslive – Soluções para Cidades Inteligentes, a AcqualiveeExpo – Água, Resíduos e Ambiente, a EnergyliveExpo – Energia, Eficiência Energética, Energias Renováveis, Alterações Climáticas, numa dinâmica integrada de exposição de produtos e soluções, fóruns de debate, espaços de apresentação de projetos inovadores e empreendedorismo, encontros técnico científicos e de negócios com convidados internacionais. A Fundação AIP posiciona a Green Business Week como um evento impulsionador do crescimento da atividade económica, do emprego qualificado e sustentável, do dinamismo da ciência e investigação, tecnologia, inovação e empreendedorismo. Esta edição dedica especial atenção à transferência do conhecimento para o mundo empresarial, com uma forte participação de Universidades e Centros de Investigação a par de grandes empresas impulsionadoras dos projetos e de Municípios inovadores.

A Fundação AIP reforça o seu trabalho de apoio às empresas e à atividade económica, bem como a sua contribuição para dar visibilidade aos novos projetos de investigação e desenvolvimento, motores da competitividade portuguesa no mercado global. Neste âmbito estarão expostos mais de 50 projetos inovadores de Universidades, Startups e Spin-offs nas áreas da Energia, Smartcities, Água, Resíduos, Ambiente e Alterações Climáticas. Esta iniciativa tem a participação de Universidades e Politécnicos de todo o país, e projetos independentes. A Mostra Tecnológica conta com entidades públicas e privadas, destacando-se a participação de empresas de referência, Universidades, Municípios, Startups, Spin-offs e a exposição de projetos inovadores. Marcarão presença as Universidades do Minho – TecMinho, Universidade do Porto, Universidade de Aveiro, Universidade de Évora, entre outras. Destacam-se a forte presença da Universidade do Minho com a participação de Grupos de Investigação das Faculdades de Arquitetura, Ciências, Ciências da Nutrição e Engenharia, Centro de Estudos de Arquitetura e Urbanismo da Universidade do Porto (CEAU), INESC e CIIMAR. A Universidade do Porto será também representada por 5 empresas Spin-offs que irão expor os seus mais recentes projetos relacionados com a temática.

Os Municípios marcam igualmente presença com as suas práticas inovadoras e sustentáveis para tornarem as suas cidades em locais de excelência para habitar e trabalhar. Os Municípios de Guimarães, Braga, Loures e Torres Vedras, além da incontornável presença da Câmara Municipal de Lisboa a abrir a Conferência das SmartCities. A Região Autónoma da Madeira – Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais – apresentará a candidatura das ‘Levadas da Madeira’ a Património Mundial da UNESCO (Inscrição do bem na Lista Indicativa dos bens portugueses candidatos a Património Mundial da UNESCO). Um amplo Programa de Conferências preencherá os 3 dias do evento, debatendo os grandes pilares temáticos: o 1.º dia terá as Conferências às SmartCities, no 2.º a Água e à Inovação (instrumentos de apoio à competitividade – Horizonte 2020, Portugal 2020 e Cosme), e o 3.º dia abordará a Energia. A par destas grandes conferências, terão lugar outros Eventos, estando os programas e as inscrições para assistir disponíveis em www.greenbusinessweek.fil.pt

www.greenbusinessweek.fil.pt

Translate »