renováveis magazine

Autoconsumo fotovoltaico explora potencial de energia solar de Tunez

Krannich Solar: Autoconsumo fotovoltaico explora potencial de energia solar de Tunez

Quatro instalações de energia solar para autoconsumo…

Quatro instalações de energia solar para autoconsumo fotovoltaico foram inauguradas pela Fayzer North Afrique em Tunez e a distribuidora de material fotovoltaico Krannich Solar forneceu os painéis solares Luxor EcoLine 60/250W e os inversores fotovoltaicos SMA utilizados. A maior instalação fotovoltaica está localizada no bairro de El Menzah, na cidade de Tunez, e conta com uma potência de 5 kW, com uma produção de energia solar anual é de 6930 kWh, o que supõe acabar com a emissão à atmosfera de 6,8 toneladas de CO2 se o comparamos com a produção de carbono. A poupança energética também fica patente na instalação fotovoltaica de 3 kW do município de Cartago. Os 4200 kWh de energia renovável produzidos cada ano evitam a emissão de mais de 4 toneladas de CO2.

Os outros dois sistemas fotovoltaicos inaugurados em Djerba, Médenine, de 2,2 kW e 2 kW, contribuem para que estas quatro instalações de energia solar que Fayzer North Afrique comercializou em Tunez se produzam 17 560 kWh, e se deixem de emitir mais de 17 toneladas de CO2 anuais. A energia solar é um dos grandes valores que possui Tunez, apesar de ser o país mais pequeno do Magreb. Pela sua situação geográfica, esta zona do norte de África recebe uma elevada radiação solar (1600 kWh/kWp em El Menzah, 1650 kWh/kWp em Cartago e 1720 kWh/kWp em Djerba), tornando-a num paraíso para as empresas instaladoras de energia fotovoltaica. Mas na realidade, nos últimos anos experimentou-se um notável crescimento no número de lares, empresas e edifícios públicos que contam com painéis solares nos seus telhados. Em dezembro de 2011 foi inaugurada a primeira fábrica de painéis fotovoltaicos com uma capacidade de produção anual de 25 MW, mas mesmo assim, esta região continua a depender em grande medida da importação de energia renovável. A maioria dos painéis solares que chegam a Tunez são oriundos da União Europeia, e sobretudo de Espanha que é um dos parceiros chave no mercado da energia solar fotovoltaica. O Governo de Tunez aposta firmemente num futuro sustentável e, por isso, tem como objetivo para 2016 a instalação de 36 MW de potência fotovoltaica, segundo dados da Delegação Económica e Comercial da Embaixada de Espanha em Tunez.

http://pt.krannich-solar.com

Translate »