renováveis magazine

Projeto Portimão

Novo polo tecnológico dedicado às energias renováveis em Portimão

O concelho de Portimão vai ter um novo polo tecnológico dedicado às energias renováveis, junto ao Autódromo Internacional do Algarve, ao abrigo de um investimento de 7,2 milhões de euros.

O concelho de Portimão vai ter um novo polo tecnológico dedicado às energias renováveis, junto ao Autódromo Internacional do Algarve, ao abrigo de um investimento de 7,2 milhões de euros. O projeto, desenvolvido pela Associação Parque Tecnológico do Algarve (Celerator), pretende a instalação naquela infraestrutura, até 2024, de 5 empresas de alta e média-alta tecnologia e serviços intensivos em conhecimento.

Segundo Paulo Pinheiro, Administrador da Parkalgar (que faz parte da Associação Celerator juntamente com a Universidade do Algarve – UAlg), explicou que o projeto vai fazer com que os “caminhos futuros para a mobilidade e sustentabilidade passem por Portimão” e esta nova infraestrutura irá contribuir para que o Algarve ganhe “competitividade na área da engenharia e das novas tecnologias”, ao mesmo tempo que irá traçar “novos caminhos da mobilidade e sustentabilidade.

O novo Polo Tecnológico no setor dos Transportes, Mobilidade e Soluções Energéticas vai dedicar-se à investigação, desenvolvimento e implementação de soluções energéticas à base de hidrogénio verde e de combustíveis sintéticos. O investimento elegível associado é de 7,2 milhões de euros, com um apoio do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) de 4 milhões de euros. Com este projeto irá construir-se um polo tecnológico com laboratórios e centros de ensaios, estando prevista a disponibilização de instalações de bancos de ensaio para motores de combustão interna com e sem sistemas híbridos de energia acoplados. Paralelamente, está prevista a instalação de módulos para investigação de processo de criação e implementação de pilhas de combustível em meios de transporte convencionais, tal como a instalação de unidades para a reciclagem, com uma maior reutilização de baterias elétricas automóvel, em fim de vida.

O projeto inclui ainda a instalação de uma unidade de investigação e desenvolvimento com componente de comparação com unidade convencional, para motores Térmicos “Otto”, usando combustíveis sintéticos, para usos diversificados.

Segundo os promotores do projeto, a investigação e desenvolvimento de soluções e tecnologias nestas áreas será desenvolvida em parceria pelos sistemas empresarial, científico e tecnológico. Na génese desta infraestrutura tecnológica está também a criação de soluções tecnológicas que serão desenvolvidas e colocadas no mercado, contribuindo para cumprir os compromissos de neutralidade carbónica assumidos por Portugal e pela União Europeia.

Translate »