renováveis magazine

Phoenix Contact comemora 100.º aniversário

Phoenix Contact comemora 100.º aniversário

Com um século de paixão pela tecnologia e inovação, a Phoenix Contact continua a impulsionar o progresso tecnológico, juntamente com o compromisso de desenvolvimento sustentável em prol do nosso planeta.

Um século de paixão pela tecnologia e inovação. Nos últimos 100 anos, a empresa de gestão familiar evoluiu de uma agência comercial de produtos industriais, fundada em Essen, na Alemanha, para uma empresa de produção global. Com produtos e soluções para a eletrificação, interligação e automação de todos os setores da economia e das infraestruturas, e com uma paixão por inovação e tecnologia, a Phoenix Contact continua a impulsionar o progresso tecnológico, juntamente com o compromisso de desenvolvimento sustentável em prol do nosso planeta.

“Conseguimos muito ao longo dos anos, mantendo-nos fiéis aos valores e à cultura da nossa empresa familiar, mesmo quando crescemos e evoluímos. Este aniversário é um momento especial para nós. Construímos a base sobre a qual podemos agora continuar o nosso caminho para o futuro. Juntamente com os nossos clientes e parceiros de negócios, iremos impulsionar soluções para a revolução energética que são a base para um mundo sustentável”, disse o CEO da Phoenix Contact, Frank Stührenberg, descrevendo o significado do 100.º aniversário.

Ligações entre pessoas e tecnologias

Boas ligações são mais do que apenas uma caraterística elementar dos produtos da Phoenix Contact. Ligações foram também a base para transformar a ideia do empresário Hugo Knümann numa empresa industrial de presença global. Com a fundação da Phönix Elektro- und Industrie-Bedarfsgesellschaft em 1923, a empresa começou inicialmente como uma simples empresa de vendas. Em 1928, a ligação comercial com a RWE levou à invenção do primeiro bloco de terminais numa calha DIN. Isso deu a Knümann a ideia de separar os blocos e organizá-los, individualmente, para formar bornes em calha DIN. Em 1949, foi estabelecida outra ligação pessoal e empresarial de grande alcance: Knümann conheceu Josef Eisert, um engenheiro de desenvolvimento da Siemens, que assumiu a empresa em 1953, após o falecimento de Knümann.

De Blomberg para o mundo

Com a chegada de Eisert, a empresa sofreu uma mudança fundamental. De simples empresa comercial passou a ser uma empresa com produção própria. Nas instalações de Blomberg, para onde a empresa foi transferida durante a 2.ª Grande Guerra, foi criada uma oficina de ferramentas, produção de plásticos, oficina de torneamento de parafusos, instalações de montagem, oficina de metalurgia, armazém e logística. Desde então foram desenvolvidos muitos produtos novos e o portefólio expandiu-se cada vez mais na direção da eletrónica.

Em 1987, com a inovadora rede de campo Interbus, foi lançada a base para as redes de comunicação de equipamentos industriais em chão de fábrica, impulsionando o desenvolvimento
da automação.

Antes, em 1981, a Phoenix Contact fundou as primeiras subsidiárias fora da Alemanha, na Suécia, na Suíça e nos Estados Unidos. O mercado para os produtos da Phoenix Contact deixou de ser apenas a Alemanha para passar a ser o mundo inteiro.

Phoenix Contact em Portugal

A subsidiária portuguesa foi fundada em 2007 e iniciou a sua atividade em 01 de janeiro de Com sede em Sintra e uma delegação no Porto, conta atualmente com 26 colaboradores. O foco da subsidiária portuguesa está nos setores da produção e distribuição de energia e nas mais diversas indústrias.

“Para nós, é muito importante pertencer ao grupo Phoenix Contact Group, pois impulsiona continuamente o desenvolvimento de novos produtos e soluções. Associado a uma equipa altamente especializada, oferecemos um serviço de logística referencial no mercado nacional e a nossa equipa de engenheiros e especialistas garante aos nossos clientes e parceiros a melhor adequação e suporte técnico, em língua portuguesa, das referências Phoenix Contact comercializadas no mercado nacional. O desenvolvimento contínuo e sustentável do portefólio de produtos, assim como o crescimento da nossa equipa, permite-nos olhar com otimismo para o futuro em Portugal”, disse o Diretor Geral da Phoenix Contact Portugal, Michel Batista, para descrever o desenvolvimento futuro.

Juntos para o futuro

A Phoenix Contact emprega, em todo o mundo, mais de 22 000 pessoas e encerrou 2022 com receitas de 3,6 mil milhões. “Nos últimos anos, tivemos um crescimento extraordinário, o que demonstra que podemos dar resposta às principais questões de nossos tempos com as nossas soluções”, afirmou Stührenberg ao comentar o crescimento das receitas.

A rede de fábricas da Phoenix Contact abrange 11 países, cujo nível de integração vertical varia de país para país. Com mais de 50 subsidiárias internacionais, o Grupo Phoenix Contact está mais próximo dos mercados e dos clientes. Juntamente com clientes e parceiros, a Phoenix Contact desenvolve soluções para o mundo de amanhã, com tecnologia de conexão e automação pioneira. Os conceitos integrados, que incluem engenharia e serviços, são aplicados em infraestrutura de transporte, e-mobilidade, gestão de águas, energias renováveis e redes de distribuição de energia inteligentes, bem como na construção de máquinas e na fabricação de sistemas com eficiência energética.

Responsabilidade social

A Phoenix Contact está empenhada em impulsionar a “All Electric Society”, uma sociedade futura em que energia proveniente de recursos renováveis é fornecida em quantidades suficientes e de forma economicamente sustentável em todo o mundo. Além da produção e utilização consistente de energias renováveis, a redução da procura de energia primária através de medidas de eficiência energética e o acoplamento os setores de produção, distribuição e armazenamento são a chave para um futuro sustentável.

por Phoenix Contact
Tel.: +351 219 112 760 · Fax: +351 219 112 769
www.phoenixcontact.pt

Translate »