PVP4Grid disponibiliza informação sobre diferentes conceitos de autoconsumo fotovoltaico integrado na rede elétrica

O número de autoconsumidores aumentou em Portugal com a implementação da nova legislação…

O número de autoconsumidores aumentou em Portugal com a implementação da nova legislação (DL 162/2019), que permite agora formas de autoconsumo coletivo, tanto em edifícios de habitação, como em grandes superfícies comerciais.

O consumo local da energia solar produzida, ao nível dos autoconsumidores individuais, ou nas grandes superfícies comerciais ou ainda em cooperativas energéticas, é visto como uma das grandes tendências que formatam o futuro do sistema energético. Cada kWh consumido localmente, evita a produção, transporte e perdas associadas à eletricidade produzida, de uma forma centralizada, a maior parte das vezes, com origem fóssil. A geração e consumo descentralizados são agora possíveis nessas diferentes formas permitindo uma diminuição dos custos da energia para todos os envolvidos e contribuindo para alcançar as metas de redução de emissões de gases de efeito de estufa.

O projeto europeu PVP4Grid (“PV Prosumers for Grid” – autoconsumidores fotovoltaicos para integração na rede elétrica) mostrou como o autoconsumo está já presente em vários países europeus, identificando também as barreiras ainda existentes e como as ultrapassar.

Os parceiros deste projeto elaboraram documentos orientadores, adaptados às necessidades dos respetivos países. Além disso, foram desenvolvidas recomendações para a integração das diferentes formas de autoconsumo, estimados os respetivos efeitos socioeconómicos e as possíveis reduções de emissões de gases de efeito de estufa.

Na página do projeto estão disponíveis os documentos orientadores e as recomendações elaboradas para cada um dos países participantes. Os estudos publicados pretendem ser uma referência sobre os autoconsumidores fotovoltaicos ligados à rede elétrica e respetivo envolvimento no processo de transição energética. Para mais informações sobre o projeto e obtenção dos estudos de cada país, consulte a página do projeto em www.pvp4grid.eu

Download – Última edição

renováveis42

(Irá receber um email com o link de download.)