renováveis magazine

energia

Quais são os desafios do setor da energia no futuro?

Com o objetivo principal de garantir energia sustentável, eficiente e acessível, o setor de energia enfrenta um futuro cheio de desafios e metas muito estimulante.

A energia é essencial para o desenvolvimento sustentável e eficiente de todas as comunidades e países. A sua geração, distribuição bem como o seu consumo, exige que se siga um modelo que garanta a sustentabilidade e a proteção do meio ambiente e travar ainda as alterações climáticas.

No entanto, ainda existem muitos países no mundo que não dispõe de energia para sobreviver. Na verdade, a ONU estima que 13% da população mundial não tem acesso a serviços modernos de eletricidade. Desta forma, é fundamental trabalhar para que todos possamos ter acesso a uma energia acessível, segura, sustentável e moderna, propósito que está incluído no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável nº 7 da ONU, e com o qual, as companhias de energia devem estar comprometidas.

Os desafios energéticos do futuro para um mundo mais sustentável

Com o objetivo principal de garantir energia sustentável, eficiente e acessível, o setor de energia enfrenta um futuro cheio de desafios e metas muito estimulantes:

Mobilidade elétrica

O setor de transportes, seja de mercadorias ou de passageiros, é um dos mais contaminantes. Por isso, apostar numa mobilidade mais sustentável, promovendo a utilização dos transportes públicos e da mobilidade elétrica, é um desafio no presente e para o futuro. Tanto particulares como empresas já estão a apostar na consolidação de uma frota de carros elétricos que não contribuem para as alterações climáticas. À produção do veículo elétrico acrescenta-se outro grande desafio, a criação de uma sólida infraestrutura que garanta a recarga rápida e eficiente deste meio de locomoção.

Energia renovável

Embora já estejam bem presentes no cenário mundial, ainda não podemos falar na existência de um modelo energético 100% renovável e não poluente. A energia eólica ou hidráulica, juntamente com a solar, são o futuro de uma geração mais sustentável e eficiente que, progressivamente, está a aumentar sua capacidade produtiva.

Num mercado cada vez mais competitivo, e a crescente preocupação da população para com o meio ambiente, oferece às companhias de energia um desafio que passa pela aposta na distribuição de energia verde. No caso de Portugal, o país tem uma enorme capacidade de se centrar num modelo de fornecimento energético verde.

Redes elétricas inteligentes

Mais conhecidas como Smart Grids, as redes inteligentes desempenham um papel essencial para garantir o sucesso da transição energética por serem mais sustentáveis, eficientes e seguras. A digitalização da rede permite uma melhor gestão, além de facilitar a integração de veículos elétricos, autoconsumo e geração distribuída. Ainda dentro das smart grids, não se pode deixar de mencionar os novos contadores inteligentes de energia que estão a ser colocados um pouco por todo o mundo e que facilitam a gestão dos processos por partes da companhias de energia, e um controlo e poupança no consumo de energia por parte dos consumidores finais.

A inovação, chave do futuro do setor energético

Para fazer face a estes desafios do setor energético, a inovação e a digitalização são os pilares sobre os quais assentam os processos para a concretização efetiva dos objetivos.

A inovação e a digitalização são dois dos pilares básicos que nos permitem melhorar os nossos processos e a produtividade dos nossos colaboradores, bem como meios para reforçar a competitividade e eficiência da empresa. A inovação e a digitalização não estão apenas relacionadas com a implementação de novas tecnologias, mas também com o envolvimento das pessoas em todos os processos de desenvolvimento. Embora afetem todas as áreas da empresa, é importante concentrar esforços nos negócios de distribuição e geração de energia, como alavancas fundamentais para responder à transição energética.

Selectra Portugal
www.selectra.pt

Translate »