Think Green uma rede social para partilha de notícias sobre ambiente

A ‘União da Energia e Clima’, uma das 10 prioridades da Comissão…

A ‘União da Energia e Clima’, uma das 10 prioridades da Comissão Europeia, foi o tema que esteve na base dos projetos concorrentes ao 1.º Desafio Empresarial, da ESTG – Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico do Porto, que envolveu 25 estudantes e docentes. O vencedor foi o projeto Think Green, uma aplicação que é uma espécie de rede social para a partilha de notícias relativas a este tema, que desenvolve um jogo/competição (individual e coletiva) para cálculo da evolução da pegada ecológica com base nas ações do dia-a-dia. Os Desafios Empresariais consistem na apresentação de situações concretas do quotidiano das empresas, tendo em vista a respetiva discussão por equipas de Docentes/Investigadores e Estudantes para o desenvolvimento de ideias/protótipos de soluções inovadoras.

O vencedor foi o projeto Think Green que consiste numa aplicação que pretende funcionar como uma rede social para a partilha de notícias relativas a este tema e desenvolver uma espécie de jogo/competição (individual e coletiva) para o cálculo da evolução da pegada ecológica com base nas ações do dia-a-dia. Caso a evolução seja positiva serão atribuídas “medalhas” de recompensa. A solução passa por uma estratégia de gamification, uma tendência de marketing que usa mecanismos ou elementos de jogos para resolver problemas práticos. A equipa Think Green recebeu um prémio de 500 euros atribuídos pelo Europe Direct do Tâmega e Sousa, um organismo oficial de informação europeia que, através dos seus centros de informação locais, pretende atuar como intermediário entre os cidadãos e a União Europeia e que participou neste 1.º desafio. O desafio incidiu sobre o tema ‘União da Energia e Clima’, uma das 10 prioridades da Comissão Europeia, que pretende trabalhar os domínios das alterações climáticas e efeitos de estufa, e teve em conta o Acordo de Paris (COP21), cujo objetivo principal é travar o aquecimento global em, pelo menos, 2 graus celsius até 2030, e consistiu na conceção de uma aplicação multimédia que contribuísse para a sensibilização dos cidadãos na adoção de práticas mais ecológicas e sustentáveis, no uso de energias limpas e na redução das emissões de dióxido de carbono. Organizado pelo Gabinete de Apoio ao Empreendedor (GAE), o primeiro desafio empresarial, ficou marcado por uma grande recetividade por parte dos Estudantes e Docentes/Investigadores da Escola, particularmente da Licenciatura e Mestrado em Engenharia Informática, e do Curso Técnico Superior Profissional de Desenvolvimento para a Web e Dispositivos Móveis, que atingiram o número máximo de equipas estipulado para o Desafio.

Os protótipos apresentados pelas equipas tiveram como principais objetivos desenvolver soluções que, de forma criativa e pouco invasiva, ajudassem a calcular a pegada ecológica dos utilizadores bem como na escolha de um veículo ou eletrodoméstico que melhor se adeque às necessidades e consumos diários do consumidor, ou até mesmo reportar crimes ambientais e informar as entidades competentes.

www.ipp.pt/ensino/escolas/estg

Download – Última edição

(Irá receber um email com o link de download.)

×