fevereiro chuvoso

Um fevereiro chuvoso e com grande contribuição renovável

O total de geração renovável foi mais que suficiente para suprir o consumo de eletricidade em Portugal Continental, durante os primeiros 24 dias de fevereiro.

A análise da APREN – Associação Portuguesa de Energias Renováveis constatou que, após um mês de janeiro com preços invulgarmente elevados no Mercado Ibérico de Eletricidade (MIBEL), a chegada de um fevereiro chuvoso trouxe consigo uma elevada disponibilidade eólica, traduzindo-se numa forte penetração renovável no mercado e consequentemente no consumo de eletricidade.

Efetivamente, no mês de janeiro de 2021, registou-se em Portugal um preço médio diário de 60,69 €/MWh, repercussão das baixas temperaturas registadas por toda a Europa, com consequente aumento dos consumos de eletricidade e da procura de gás natural. Já no quase terminado mês de fevereiro os longos períodos de chuva intensa e uma elevada disponibilidade eólica traduziram-se numa forte penetração renovável no consumo de eletricidade.

Esta realidade vem inverter a tendência das curvas do preço de eletricidade no mercado grossista, conduzindo ao registo, durante o mês de fevereiro, dos preços mais baixos da Europa.

Em particular, Portugal registou um preço médio horário no mercado grossista de 27,06 €/MWh[1], abaixo do preço médio Espanhol (27,42 €/MWh1), e dos restantes países Europeus, com longos períodos de preços muito próximos de zero. Esta situação deve-se sobretudo à forte incorporação renovável pois, durante os primeiros 24 dias do mês, o total de geração renovável foi mais que suficiente para suprir o consumo de eletricidade em Portugal Continental – ultrapassando em 13% a procura por eletricidade no continente.

A maior contribuição para o consumo foi a hídrica, a representar 67 %, seguida da eólica, com representatividade no consumo de 39 % – chama-se a atenção que o parque hídrico e eólico, em conjunto, foi suficiente para abastecer o continente.


[1] Preço médio horário durante o mês de fevereiro até ao dia 24

APREN
Tel.: +351 213 151 621 · Fax: +351 213 151 622
apren@apren.pt · www.apren.pt